institucional

#BANANACAST – A GENTE FICA P…

👊 Queridos amigos e colegas,
compartilho com vocês mais um episódio do nosso canal de podcast “Banana da Terra”. Pois é: a gente fica P…!

Raquel Alvarez – Produtora e jornalista

“Todos os dias pessoas que tem pressa passam ao lado de quem tem fome, e sim: quem tem pressa não gosta de quem tem fome.”

No canal Banana da Terra, que você encontra nos principais agregadores de podcast, há textos e gritos poéticos, por vezes selvagens (risos).

Convido vocês a se inscreverem e compartilharem.
O texto original está publicado em https://desenhomoderno.wordpress.com/2021/04/20/cronica-a-gente-fica-puto-a-gente-fica-exausto/ 😷

institucional

BANANA DA TERRA – Novo #podcast da Caturra no Spotfy e Castbox

Engraçado como a vida nos estimula a movimentar-nos todo o tempo, sempre para criar algo novo, algo que some a parte boa do mundo.

A “podosfera” finalmente nos cativou e, durante um tempo ficamos ainda sem ideia de como iniciarmos nossos conteúdos.

Aí nasceu primeiro: o #BANANACAST poesia. Não são apenas poesias sem conexão com as nossas vidas, elas tem tudo a ver com os nossos sentimentos de produção. As poesias tem conexão com as nossas comunicações, nossas realidades como roteiristas e elas são conectadas com o que vivemos aos rodarmos filmes pelo Brasil.

Este é o último texto: Banco de Montanha no SPOTFY

Siga o nosso canal nos agregadores CASTBOX E SPOTFY e conte pra gente o que achou. Nossos outros canais de redes sociais seguem firmes:

Instagram: @caturra_digital
Twitter: @caturradigital
Facebook: Caturra Digital Filmes

culturais, Mundo melhor

A Marcha das Mulheres Indígenas e a Marcha das Margaridas 2019

Muitas pessoas do meio corporativo alertam sobre a necessidade de gestores e produtores não se posicionarem em relação a determinados assuntos uma vez que posicionamentos ideológicos podem vir a ser empecilhos de vendas.

Por aqui pensamos e corremos ao CONTRÁRIO do pensamento “comercialesco” da nossa profissão. A nossa opção por realizar trabalhos que façam bem à humanidade é cada dia mais latente.

Documentar culturas, ensinamentos, diversidade, documentar sustentabilidade, defender os direitos humanos, defender as minorias e participar da costura de memória artística das cidades, estados, país e países vizinhos… Uma baita missão que a cada dia nos chega nas mãos.

Ainda estamos sem palavras para discorrer sobre termos testemunhado e filmado as Marchas das Mulheres Indígenas e a Marcha das Margaridas em Brasília/DF nos dias 13 e 14 de Agosto. A força feminina é das coisas mais grandiosas que alguém pode presenciar na vida.

Fomos filmar um documentário para a ANAÍ Associação Indigenista de Salvador/BA, cujo projeto Cunhataí Ikhã levou mulheres jovens indígenas de aldeias baianas a participarem de sua primeira marcha. A ANAÍ é hoje apoiada pela Malala Fund e o nosso trabalho certamente chegará a muitas outras mulheres do mundo. Deixo o nosso imenso agradecimento à historiadora Ana Paula Ferreira de Lima pela credibilidade e confiança.

Daí a importância de nos posicionarmos sim, a deixar saber que não somos uma organização empresarial que pensa em capitalizar-se sem critério. Dinheiro é importante? Sim. Estaríamos à venda? Nunca.

Nossa luta recente e próxima batalha é a de realizar um belo filme ao “Território: nosso corpo, nosso espírito.”

 

Um abraço apertado

Raquel Alvarez – Diretora

 

aconteceu, institucional

ACONTECEU NA CATURRA – Fev a Maio 2019

Em tempos de vida corrida, videos rápidos, de diversos formatos, barulho, gente falando, prazos pra daqui a 2 segundos, ansiedades, contatos, trocas, enfim, tudo junto, escrevemos um pedaço de livro todos os dias.

 

Melhor do que escrever este livro todos os dias, é saber que alguém confiou a você os próprios sonhos. Que responsabilidade, que energia, que coração!

Existe a competição vigorosa de mercado, por preços, por lugares ao sol, por pessoas a serem vistas e ouvidas, todos querem um belo post, todos querem trabalhar.

O quem tem na Caturra? O que é que a Caturra tem? Teremos que responder como Charles Chaplin: “Se quiser me compreender, assista os meus filmes”.

Somos gratos pelos desafios e pelas relações de confiança com vocês.

Raquel Alvarez – Diretora

aconteceu, institucional, Mundo melhor

2018 – 10 ANOS DE CATURRA DIGITAL FILMES #assista

Foram tantos quilômetros de desafios e felicidade, que hoje apenas conseguimos agradecer por tudo.

Quando a ideia da Caturra nasceu na cabeça de um grupo de amigos, ela já tinha o espírito de um sonho coletivo. A Caturra Digital Filmes seria um lugar onde as pessoas pudessem ser e aprender a cada dia.

Muita gente boa passou e passa por aqui. Ensinamos, aprendemos, evoluímos como empresa formal e nunca deixamos de dar aqueles retoques eternos às nossas relações.

Hoje somos procurados e procuradas pela confiança que inspiramos, pela dedicação que exercitamos e pelo planejamento que não deixamos de lado nunca.

Enfim:  “O saber não ocupa lugar.”

Vejam um pouco desta “CARTA QUE FALA”.

 

Um abraço apertado mesmo

Raquel Alvarez – Diretora executiva